10/09/2018

3 Dicas para seu e-commerce ficar estável na Black Friday

Black Friday, somente no ano de 2016, faturou cerca de R$ 1,9 bilhão de reais, um aumento de 17% em comparação com 2015, além do aumento no número de pedidos.

Datas comemorativas e sazonais são essenciais para aumentar o faturamento do e-commerce, pois o número de acesso nos sites e a quantidade de vendas crescem significativamente.

Sendo assim, fique atento para o seu site não ficar fora do ar e para alguns problemas que podem atrapalhar o desempenho do seu e-commerce. Confira três dicas para evitar que isso aconteça!

1° Reforce a segurança do seu site
Os e-commerces lidam com vários dados sensíveis como os de cartões dos clientes. Por isso, invista em certificações e selos que protejam sua loja e tragam confiança ao consumidor.

No ambiente virtual a segurança também deve ser levada muito a sério, principalmente para proteger os dados que irão trafegar pelo servidor.

Um problema comum de ser visto em e-commerces é o Ataque DDoS, sigla para Distributed Denial of Service, ou Ataque Distribuído de Negação de Serviço, que tem como objetivo tirar um site do ar.

Esse ataque é realizado por vários computadores infectados que acessam sua loja ao mesmo tempo e, em um curto intervalo de tempo, sobrecarrega o servidor causando instabilidade ao site.

Quanto mais tempo sua loja ficar fora do ar, maior o prejuízo. Além de perder vendas e a confiabilidade do consumidor, ainda pode ter dados roubados, prejudicando não só o seu faturamento quanto a imagem da sua loja.

Ter uma equipe de tecnologia dedicada ao seu e-commerce também é fundamental para garantir o bom funcionamento e a segurança.

2° Invista em uma boa hospedagem
Se sua loja on-line não tiver um bom desempenho na velocidade de carregamento ou simplesmente ficar fora do ar, poderá influenciar o cliente a desistir de comprar em sua loja.

Por isso, contar com uma boa hospedagem deixará seu e-commerce preparado para permanecer disponível para os consumidores.

A maioria das empresas de hospedagem oferece planos aos lojistas, vamos explicar algumas opções mais usadas no mercado para você poder escolher qual é a melhor para o seu site.

  • Hospedagem compartilhada: a loja divide um espaço em um servidor com várias outras, por isso é ideal para o e-commerce que está começando e que não recebe muitos visitantes nem oferece muitos produtos;
  • Hospedagem dedicada: esse tipo oferece um servidor exclusivo para o seu e-commerce, costuma ser indicado para as lojas que têm alto volume de visitantes e ocasionais picos de acesso;
  • Hospedagem VPS: significa “Virtual Private Server”, ou Servidor Virtual Privado. O VPS está entre a hospedagem compartilhada e a dedicada, pois oferece um servidor exclusivo virtual, mas que possui o desempenho e custo um pouco menores do que o dedicado;
  • Hospedagem cloud: a hospedagem em nuvem é distribuída em vários servidores virtuais, é uma boa opção para os sites que costumam ter picos de acessos com frequência. Ela aumenta a capacidade de processamento de dados, além de aliviar a carga do servidor.

Existem vários tipos de hospedagens disponíveis no mercado, por isso, é importante analisar qual das opções mais se adequa ao seu tipo de negócio.

Antes de escolher, verifique a média de acessos que costuma receber em um dia normal e a projeção para um dia de alto volume de visitantes. Isso pode ser determinante na hora de tomar uma decisão.

3° Tenha um bom sistema de monitoramento
Se seu e-commerce possui a melhor hospedagem e ferramentas de proteção, mas mesmo assim acontecem erros rotineiros, isso pode acontecer por causa da falta de monitoramento constante em seu site. 

Por isso, é essencial que possua um sistema de monitoramento para mapear possíveis falhas e corrigi-las.

Comece analisando o histórico de erros frequentes na sua loja virtual. Você pode analisar quais foram as reclamações mais comuns dos consumidores e monitorar esses comportamentos, evitando que voltem a acontecer.

Otimize a codificação da sua plataforma, pois erros de digitação ou códigos extensos na programação podem fazer com que o site fique fora do ar. 

Analise ainda se o site está usando muitos recursos dos servidores. Se o consumo estiver alto, verifique quais os motivos que estão levando a isso.

A preparação para a Black Friday é um trabalho contínuo e que deve ser feito com antecedência no seu e-commerce. Essas dicas são para ajudar a solucionar os maiores erros que podem acontecer no e-commerce em uma grande data no varejo online.

E aí, acha que sua loja virtual está pronta para receber os consumidores na Black Friday? Com essas dicas, não tem como errar!

* Por Bruna Medeiros: Formada em Comunicação Social pela ESPM, é analista de Marketing da MundiPagg.

----------------------------------------------------------------------------------

Confira também outros artigos sobre Black Friday:

----------------------------------------------------------------------------------

Você já conhece o Prêmio Black Friday de Verdade?

Prêmio Black Friday de Verdade, em sua 2° edição, terá como objetivo reconhecer, por meio de votação popular, as melhores empresas e as melhores práticas na Black Friday no Brasil. Serão 12 lojas vencedoras em 12 categorias que ganharão o troféu Black Friday de Verdade. E nesse ano teremos a grande loja vencedora, que será eleita a melhor loja entre as melhores da Black Friday Brasil.